22 de out de 2010

Conexão MS MT

Alô Picarelli, o Pantanal é aqui!

Todas nós já voltamos pra realidade. O cotidiano é que nos mata, queríamos apenas exceções. Quase uma semana depois da Conexão que foi muito TUDO, vamos postar um pouquinho sobre.

Petala Guerra, Karen Coema e Larissa Ferreira, ambas de Campo Grande – MS, pegaram 12 hrs de estrada pra andar de skate em Cuiabá – MT. Chegaram no sábado à noite buzinando continuamente na Pista do CPA onde Estefânia Lima e Jessyka Moraes já estávam ansiosas esperando por elas.  

Praça Alencastro


Estefânia Lima, Karen Coema, Petala Guerra, Larissa Teixeira | Praça das Bandeiras


No decorrer dos dias andaram de skate em picos como Praça Alencastro, Praça das Bandeiras... Onde renderam mais manobras... Foram até na busca (sem êxito) do “Full Pipe” existente na Universidade Federal do Mato Grosso, aproveitaram pra ver a ave símbolo do Pantanal, o Tuiuiu, no Zoológico de lá

Don't call my name, Alejandro.



E no Bowl da antiga “Cuiabá Skatepark” que agora é a “Academia Rage” (onde se tem aulas de skate também) conheceram, por coincidência na semana do dia das crianças, a pequena Maria Luiza (5 anos), que encantou todas, não pelas unhas e capacete rosa, e sim pelos seus drops. Não esquecendo de parabenizar o professor Max Roger pelo trabalho que vem executando. 




Estefânia, Karen, Petala Guerra, Maria Luiza, Jessyka, Larissa.
Segue alguns depoimentos:

“Foi bem diferente, porque eu mesma nunca imaginava andar com outras gurias que não fossem daqui mesmo. Só de ver vídeos de gurias andando eu já fico numa vibe, fiquei ainda mais quando elas vieram pra cá. Andamos demais, agora a cada dia quero andar mais, essa foi uma experiência que quero sempre ter, ainda tinha até falado com a Petala, que aqui em Cuiabá é só eu e a Estefânia, andamos juntas, mas não é a mesma coisa quando as gurias vem de fora, dão um gás a mais na gente! Eu fui me despertando totalmente que o mundo feminino de skate existe.” Diz Jessyka

Ás vezes os sonhos se realizam! Certa vez determinei que andaríamos todas juntas no pico das Bandeiras, e isso realmente aconteceu, ou seja: Tudo que eu quero acontece, é só querer com força. Isso é viver FELIZ, sempre...” Diz Petala

“Sem palavras, conhecer pessoas e lugares já é bom, juntando isso com skate = picos e manobras novas = a satisfação pessoal. Amo o que faço e faço por amor, skate é sem limites e barreiras, e o amor por ele une todos os seus amantes.”  Diz Larissa

Em breve, vídeos.

Nenhum comentário: